Gestão de atividades rurais: Desafios e problemas que o produtor enfrenta diariamente.

O produtor rural enfrenta diferentes problemas diariamente, sejam eles relacionados com a terra, culturas, o gado, água, os equipamentos ou os veículos usados em suas atividades. Nesse cenário a gestão de um produtor rural pode ser um tanto quanto desgastante, e traz certas características bastante ligadas ao meio em que atua.

No seu dia a dia de trabalho você passa por contratempos na hora de cuidar e monitorar o seu maquinário? Se a resposta for sim, acompanhe a série de publicações que faremos abordando as dificuldades enfrentadas pelo produtor na gestão de máquinas agrícolas e fique por dentro sobre como superá-las.

E para começar, vamos falar da falta de atenção e a imprudência dos usuários durante o uso das máquinas agrícolas.

Falta de atenção e Imprudência

As máquinas agrícolas são indispensáveis e facilitam muito a vida dos produtores nos dias de hoje, mas é necessário operá-las corretamente. Se o usuário faz uso inadequado do equipamento, é natural que as coisas não saiam do modo esperado e possa causar grandes prejuízos.

Levando em conta que todos os colaboradores saibam operar suas máquinas agrícolas, ainda assim os riscos de acidentes e avarias em equipamentos são uma possibilidade, afinal, ninguém está livre de erros e sinistros. Mas essas possibilidades se multiplicam quando o usuário não trabalha com a devida atenção ou quando age com imprudência.

Na verdade, devido ao excesso de autoconfiança, alguns profissionais passam por perigos desnecessários. Um exemplo é quando dirigem veículos (como o trator) em alta velocidade ou usam uma máquina visando consumir menos tempo de trabalho e acelerar a produtividade, acreditando que sempre conseguirão manter as coisas sob controle. O bom trabalhador procura não cometer excessos e desenvolve as atividades com total atenção, e o próprio gestor, quando desempenhar alguma função operacional, deverá atuar da melhor forma possível enquanto estiver utilizando as máquinas agrícolas, ensinado a equipe pelo próprio exemplo.

A importância da manutenção preventiva de máquinas agrícolas

Quantos dias no mês você tira um tempo para analisar o estado do seu maquinário? Você está sempre atento, prevendo possíveis erros, ou espera parar de funcionar e gasta um alto valor no conserto? Talvez esse seja o momento de começar a investir na manutenção preventiva!

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva é essencial para garantir o desempenho e longa vida útil aos equipamentos agrícolas. Ela tem o objetivo de prevenir erros e falhas nas peças e componentes de diversos tipos de máquinas e equipamentos. Somente antecipando possíveis problemas é que você poderá planejar os reparos com calma e organizar suas finanças e seu tempo, a fim de escolher a opção com o melhor custo-benefício para o seu negócio.

Vantagens de realizar a manutenção preventiva.

Existem muitas vantagens em realizar a manutenção preventiva de equipamentos agrícolas, como a redução dos riscos de quebra e a prevenção do envelhecimento e degeneração, tanto dos componentes óleo-hidráulicos quanto dos equipamentos em si. Além disso, com a manutenção preventiva não há necessidade de interromper as atividades do seu negócio. Ou seja, a técnica é a maneira mais eficiente das empresas manterem a qualidade dos seus equipamentos, sem precisar deixá-los parados por um longo período.

Como e quando realizar a manutenção preventiva?

Em primeiro lugar, é importante ter um profissional qualificado e apto para resolver os possíveis problemas que aparecerão no decorrer das manutenções. A periodicidade dessas checagens depende de como e onde a máquina é utilizada e também das horas trabalhadas. Entretanto, a revisão deve ser realizada em todas as peças e componentes dos equipamentos agrícolas, como os filtros e nível do óleo dos motores e bombas hidráulicas, por exemplo. Se algum desses itens apresentarem desgaste, já se organize para realizar as devidas substituições.Aproveite o momento da revisão para verificar também a calibragem e os sulcos dos pneus e também as suspensões ou embuchamentos, analisando se estão em bom estado e substituindo-os se houver necessidade.Ao realizar a manutenção preventiva, preocupe-se também em escolher componentes e peças de qualidade, de marcas que já possuam reconhecimento no mercado e que sejam compatíveis com o maquinário utilizado no seu negócio. Se atentar a esses pontos ajuda no trabalho diário e na qualidade de médio e longo prazo do seu equipamento agrícola.